Mulheres

Dona de casa diz que ficou cega de um olho após agressão do namorado em Anápolis

Cega namoro video mulheres 641321

Apresentamos a seguir algumas orientações que as pessoas podem seguir nos seus contatos com as pessoas com deficiência. Acessibilidade na Câmara. Pessoas com deficiência física É importante perceber que para uma pessoa sentada é incômodo ficar olhando para cima por muito tempo. Portanto, ao conversar por mais tempo que alguns minutos com uma pessoa que usa cadeira de rodas, se for possível, lembre-se de sentar, para que você e ela fiquem com os olhos no mesmo nível. Ao empurrar uma pessoa em cadeira de rodas, faça-o com cuidado. Se parar para conversar com alguém, lembre-se de virar a cadeira de frente para que a pessoa também possa participar da conversa. Mantenha as muletas ou bengalas sempre próximas à pessoa com deficiência. As pessoas têm suas técnicas individuais para subir escadas, por exemplo, e, às vezes, uma tentativa de ajuda inadequada pode até atrapalhar.

Buscar no portal

Uma adolescente vítima de um relacionamento alto conta que no começo o namorado era carinhoso, mas depois começaram as agressões física e psicológica, do jeito que costuma ocorrer na maioria dos casos. Ele dizia que iria transferir, que me amava. Eu era cega no relacionamento. A ideia é que a cartilha seja compartilhada em grupos ou nas redes sociais, como formato de prevenir relacionamentos abusivos. É dessa maneira que eu me comporto, se eu posso ser eu mesma na companhia dessa pessoa. Eu posso falar como eu falo naturalmente. Ele destaca ainda que, quando a pessoa for à delegacia registrar o boletim de ocorrência, pode ser solicitada a medida protetiva para a vítima. O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail. Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Manchetes em Destaque

Ela afirma que eles discutiram por fatura das atitudes dele, quando acabou sendo ferida. O próprio filho dele e meus familiares relataram que foram três [golpes], lembra. De acordo com ela, o homem fugiu. Ele é procurado pela polícia. Jeane diz que o relacionamento durou dois anos e que sempre foi muito conturbado, marcado por brigas e outras agressões.

Leave a Reply

Your email address will not be published.