Seleção

Vitória de Setúbal confirma saída de Dankler para o Japão

Moça procura 722801

Pesquisadora do CNPq. Participaram do estudo vinte atletas de handebol e futsal. Unitermos: Violência de gênero. Abstract The purpose of this study is to understand how men and women perceive the consequences of this gender-based violence against woman in the sporting context. The study was conducted with twenty handball and soccer athletes. The interviews were analyzed based on the Thompson's referential of Depth Hermeneutics and a thematic analysis of the content. We noticed some factors they think are the cause of these psychological damages of women athletes. Some of them were the lack of recognition of women athletes as professionals of the sport, and instead of that the appreciation of their beautiful bodies; the fact that the social relationships in the sports environment is based on sexist values, and the fact that women athletes don't live with dignity through their work in the sporting context.

Outras sugestões

Neca, como é chamada, é Socióloga e, hoje, uma das principais parceiras de Marina Silva. Maria Alice Setubal tinha tudo para ser uma dondoca alienada. Herdeira de uma das famílias restante ricas do Brasil, poderia se declarar ao luxo de limitar a viver à high society, na bolha da alta-roda. Mas escolheu outro caminho.

Menu de navegação

Das muitas danças de folclore que existem, podem destacar-se o fandangoa dança de rodaa valsa de dois passosa chotiçao corridinhoo vira e o verde-gaio. É dançado aos pares, as moças por dentro e os rapazes por fora. Apesar de ser no Algarve que atinge maior notoriedade, também na Fronteira faz parte do folclore local. O Bailinho da Madeiraou simplesmente bailinhoé a dança típica mais conhecida da ilha. É acompanhada do brinquinho - o instrumento regional tradicional, feito com castanholas, fitilhos e bonecos de paus, vestidos com o traje regional, que quando chocalhados contra a cana que os sustem, emite som. Por vezes a dança é feita por dois homens que competem, um contra o outro, frente a frente, sapateando o preferível que poderem.

Leave a Reply

Your email address will not be published.